Instalação MX Linux (UEFI) + Dual Boot Windows

Obtenha a ISO O MX Linux pode ser baixado de duas maneiras na página Download.

• Direto . Clique no link para a página de Download ISO .

Selecione o espelho que você deseja usar e clique no link correto para sua arquitetura e modo.

• Torrente. Torrentes MX são rápido, e seu uso reduz a carga nos servidores. Arquivos Torrent Verifique a validade das ISOs baixadas Depois de baixar a ISO, o próximo passo é verificá-lo.

• No Linux, navegue até a pasta em que você baixou o arquivo ISO. md5sum filename.iso Substitua “filename” pelo nome do arquivo real (digite as primeiras letras e pressione Tab e ele será preenchido automaticamente).

• No Windows podem verificar mais facilmente com o fabricante USB inicializável da Rufus ; uma ferramenta chamada WinMD5FREE também está disponível para download e uso gratuito. Crie o Live USB

• Se você deseja instalar o MX LInux no modo UEFI, no Rufus, selecione “Esquema de partição GPT para UEFI”. Recomenda-se que a instalação do Windows também esteja no modo UEFI se você estiver instalando o Linux em modo UEFI.

A melhor maneira de detectar o modo de inicialização do Windows é fazer o seguinte: Inicialize no Windows Pressione as teclas Win + “R” para iniciar a caixa de diálogo Executar Na caixa de diálogo Executar, digite “msinfo32” e pressione Enter Nas janelas Informações do sistema, selecione Resumo do sistema à esquerda e verifique o valor do item do modo BIOS à direita Se o valor for UEFI, o Windows será inicializado no modo UEFI-GPT. Se o valor for Legacy, o Windows será

inicializado no modo BIOS-MBR.

Aproveite para verificar se o seu disco está no formato GPT. pressione Win + “X” e vá em Prompt de Comando (Admin) escreva: echo lis disk|diskpart se estiver com um * logo abaixo de GPT, então o disco está no formato GPT.

• Se estiver em uma base Linux, use o etcher ou o comando (dd).

# dd bs=4M if=’/lugar_onde_esta_seu_iso’ of=’/lugar_para_o_qual_copiar’ status=progress && sync

Exemplo: # dd bs=4M if=’/home/kakaroto/MX-19_x64.iso’ of=’/dev/sdX’ status=progress && sync (Substitua o X pela letra do seu dispositivo ex: ‘sdc’ ‘sdd’) use: fdisk -l ou lsblk

Windows + MX Linux

No “Menu Iniciar” do Windows, digite “cmd” (ou vá para Windows PowerShell/CMD) e digite “compmgmt.msc” para levá-lo ao Gerenciamento do Computador. Em seguida, selecione Gerenciamento de disco na coluna esquerda.

Clique com o botão direito do mouse na sua unidade C: e selecione “Diminuir volume …” para o tamanho que desejar. Isso deve deixar espaço como ‘Não Alocado‘ para seus volumes Linux.

  • Após diminuir a partição, podemos reiniciar para entrar na Live USB do Mx Linux. Verifique se o backup do seu computador e inicialização no seu ambiente Windows. No caso em que o Windows e Linux serão (Dual Boot) no mesmo disco, é aconselhável seguir o método utilizado pelo Windows, ou seja.  Vá para a inicialização de UEFI-GPT ou boot BIOS-MBR. Eu tenho o Windows 10 instalado como UEFI-GPT, então eu vou inicializar no modo UEFI e todas as minhas partições estarão no estilo GPT. Então, vamos começar? =D Executando a instalação do MX Linux

Tela de inicialização do LiveMedium de x64 (MX Linux) quando UEFI detectado Se o usuário estiver usando um computador configurado para inicialização em UEFI

DICA: Vá na segunda opção e clique em: (MX-19 x64 Customize Boot) p/ selecionar o seu indioma do Sistema. Depois de iniciar, escreva o Nº 49 p/ pt_BR e dê enter até o final…. O processo de instalação Para começar, inicialize no LiveMedium e clique no ícone Instalador no canto superior esquerdo. Se o ícone estiver ausente, clique em F4 e digite: sudo minstall (senha de usuáriono LiveMedium: demo).

O lado direito da tela do instalador apresenta as opções do usuário à medida que a instalação prossegue; o lado esquerdo fornece esclarecimentos sobre o conteúdo do lado direito.

Execute a ferramenta de partição.

Clique em cima da partição que VC diminuiu no Windows, e criar um novo. Vamos criar três partições, /ROOT, /HOME e SWAP.

30Gb p/ partição de /ROOT. Coloque um nome em: (Nome da partição/Rótulo) – (Opcional) fica mais fácil para indentificar…

Deixei 8Gb de Memória /SWAP. (OBS): tenho 4Gb de memória RAM.

O resto ficou para a minha /HOME.

Veja o modelo final, não se esqueça de salvar após terminar o particionamento.

Após terminar o particionamento voltamos para a tela inicial, clique em Seguinte.

Selecione as partições que VC criou com o Gparted, veja o modelo acima. Depois clique em Seguinte, o instalador vai abrir um pop-up perguntando se deseja continuar.

Escolha das Partições .Especifique as partições raiz e swap que deseja usar. Se você configurar uma partição separada para o diretório inicial, especifique-a aqui, caso contrário, deixe /home configurado como root.

Observe que a pasta do usuário /home estará dentro da mesma partição (raiz) em que o MX Linux está sendo instalado.

• Muitos usuários preferem localizar seu diretório inicial em uma partição diferente da de / (root), para que qualquer problema com – ou mesmo a substituição total – da partição de instalação deixe todas as configurações individuais do usuário intocadas.

Marque Preservar dados em (/home) se você estiver fazendo uma atualização e já tiver dados em uma partição pessoal existente. Essa opção geralmente não é recomendada devido ao risco de configurações antigas não corresponderem à nova instalação, mas pode ser útil em situações específicas, por exemplo, reparar uma instalação.

Selecione Verificar se há blocos defeituosos se desejar fazer uma verificação de defeitos físicos no disco rígido durante a formatação. Isso é recomendado para usuários com unidades mais antigas.

(OBS): Durante o Processo de Instalação, o MX-Installer irá detectar automáticamente o ESP (EFI Sistema Partição) e vai pré-selecionar ESP Como o local, para Instalar o GRUB, juntamente com o Seu Windows gerenciador de inicialização. ESP E o substituto moderno para MBR (Master Boot Record). Veja a Imagem acima.

Configurando o nome e o fuso horário do computador

• Muitos usuários escolhem um nome exclusivo para o seu Notebook/Desktop, você também pode simplesmente deixar o nome padrão como está.

• Você pode simplesmente clicar em Seguinte se não tiver uma rede de computadores.

• Se você não hospedar pastas de rede compartilhadas no seu Notebook/Desktop, poderá desativar o samba. Isso não afetará a capacidade do seu Notebook/Desktop de acessar compartilhamentos hospedados em outro local da sua rede.

Configurações de local, fuso horário e serviço.

• As configurações padrão geralmente estarão corretas aqui, desde que você tenha cuidado para inserir exceções na tela de inicialização do LiveMedium.

• As configurações podem ser alteradas novamente após a inicialização no Xfce.

Criação de conta de usuário e finalização da instalação

• O nível de segurança nas senhas escolhidas aqui dependerá muito da configuração do computador real. Geralmente, é menos provável que uma área de trabalho doméstica seja invadida.

• Se você marcar “entrar sem autenticar”, poderá ignorar a tela de login e acelerar o processo de inicialização. A desvantagem dessa escolha é que qualquer pessoa com algum tipo de acesso ao seu computador poderá fazer login diretamente na sua conta. Mais tarde, você pode alterar suas preferências de login automático na guia “Opções” do (MX Gestor de usuário). ou abra um terminal e escreva: (sudo mx-user).

• Você pode transferir as alterações feitas na área de trabalho do Live para a instalação em HD, marcando a última caixa. Uma pequena quantidade de informações críticas (por exemplo, o nome do seu ponto de acesso sem fio) será traduzida automaticamente.

• Depois que a cópia do sistema for concluída e as etapas de configuração estiverem concluídas, uma tela “Instalação concluída” será apresentada e você estará pronto para começar!

• Se você não deseja reiniciar após concluir a instalação, desmarque a opção reinicialização automática antes de clicar em Terminar. Instalação do MX Linux Concluida !! 😉

Adicionar Windows ao Menu do (GRUB)

(OBS): O Security Boot deve estar desativado.. Como a seleção do Windows ou Linux através do menu de inicialização UEFI requer a determinação da chave de interrupção para a implementação de cada PC em particular, alguns usuários podem achar isso inconveniente para o uso diário. Adicionar o Windows ao menu GRUB pode ignorar esse aborrecimento e é relativamente fácil de realizar:Execute o update-grub

Após a instalação do Linux, entre no MX Linux e abra um terminal como root. Execute o comando update-grub.Reinicie.  O Windows deve aparecer no menu GRUB como uma opção de inicialização.

(OBS): Verifique se o os-prober está instalado sudo apt search os-prober se não estiver instale ele;

sudo apt-get install os-prober

Pós install MX Linux

Atualização do sistema.

Abra um Terminal e digite:

sudo apt-get update && sudo apt-get upgrade && sudo apt-get dist-upgrade

Instalação de programas.

sudo apt-get install nome_do_programa

ex: sudo apt-get install simplescreenrecorder

Remover programas instalados.

sudo apt-get –purge remove programa ex: sudo

apt-get –purge remove simplescreenrecorder

VC pode instalar programas que não estão no Gerenciador de pacotes do MX Linux (Synaptic)… por ex: (google-chrome / teamviewer) ou com extensão .deb instalale usando dpkg ou gdebi

ex: sudo dpkg -i google-chrome-stable_current_amd64.deb

ex: sudo gdebi google-chrome-stable_current_amd64.deb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *